Eletroneuromiografia-Hospital Anchieta

 
  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

O que é Hérnia de Disco?

E-mail Imprimir PDF

Entre as vértebras da coluna  existem os chamados discos intervertebrais. São placas de cartilagem que formam um coxim (como um almofada amortecedora) entre os corpos das vértebras, que são constituídos de osso. Veja a sua anatomia normal:

disco intervertebral normal

 

Hérnia de disco é a projeção da parte central do disco intervertebral (o núcleo pulposo) para além de seus limites normais (a parte externa do disco, o ânulo fibroso). Ocorre geralmente póstero-lateralmente, em virtude da falta de ligamentos que sustentem o disco nessa região.

Após traumatismos, quedas , acidentes automobilísticos, esforços ao se levantar etc, a cartilagem pode ser lesada, comprimindo raízes nervosas. Em qualquer local da coluna pode haver hérnia de disco.

 

O disco pode apenas estar abaulado, com o núcleo pulposo, que é semelhante a uma gelatina, "empurrando" o ânulo fibroso; nesses casos, não falamos em hérnia de disco ainda mas sim em protrusão discal. Veja a figura:


protrusão do disco intervertebral

 


Numa outra situação, o ânulo fibroso pode se romper, e levar ao extravasamento da substância gelatinosa, o núcleo pulposo; nesse caso, falamos em ruptura do disco intervertebral, disco extruso ou hérnia de disco:

 

disco herniado

Tanto o disco abaulado (protruso) quanto o herniado (extruso) podem levar a sintomas por comprimirem ou irritarem raízes nervosas que vão formar os nervos das pernas e dos braços, levando aos seguintes sintomas:

  • dor lombar, no quadril e nas coxas, irradiando-se para a panturrilha e o tornozelo (hérnias lombares);
  • dor no pescoço, irradiando-se para braços e mão (hérnias cervicais);
  • dor acentuada ao espirrar, levantar peso etc.;
  • deformidade postural da coluna;
  • dificuldade para andar e flexionar a coluna;

Algumas hérnias de disco podem ser tratadas sem a necessidade de cirurgia, no entanto é necessário avaliar o tipo de hérnia. Existem diversos hospitais que realizam a cirurgia.

A eletroneuromiografia é importante na avaliação do grau de compressão que a hérnia de disco está produzindo sobre as raízes nervosas; ela pode mostrar sofrimento priincipalmente das raízes motoras, cuja lesão é preocupante por poder levar à falta de força e em estágios mais avançados à atrofia de músculos.

Nas afecções de raízes sensitivas, entretanto, a eletroneuromiografia pode ser normal, mesmo com a presença da hérnia de disco, e essa é uma limitação conhecida do exame.

De qualquer maneira, é um exame funcional importante e permite que o médico associe os seus dados àqueles obtidos por técnicas de imagem (ressonância magnética, por exemplo), para decidir qual o melhor tratamento para cada caso.

 

Ninja Clicky


Endereço:

Hospital Anchieta, Módulo D-21- Taguatinga Norte-DF. Fone: 3351-8578